segunda-feira, 25 de junho de 2012

TeleMonter



Já há muito tempo que não fazia um dos meus habituais do-it-yourself. Desta vez, a vítima foi o telemóvel. Pensei em comprar autocolantes das Monster High para personalizar o telemóvel e, eventualmente, computador e o que mais me aparecesse à frente. Mas os autocolantes custavam entre 3 e 5 euros, e isso dá para uma camisola em saldos e um ou dois vernizes. E muitas, muitas chiclas. Mas adiante. Para quem não conhece, as Monster High são estas bonecas (há mais bonecas do que as que aparecem nas fotos; existem em desenho animado e em boneca tipo barbie):








A minha preferida é a Draculaura, uma vampira vegetariana:


Quando ao telemóvel, o processo foi este:
(já agora, o telemóvel é este aqui e já tem 500 anos)
- recortei duas pequenas imagens de duas bonecas à escolha (a Draculaura e a Frankie Stein) de um catálogo da Toys 'r Us
- ía colar com cola líquida as duas imagens na capa de trás do telemóvel, mas apercebi-me que a cola tinha secado. Encontrei um papel autocolante branco e decidi usar, à falta de melhor. Então cortei tiras pequenas do papel e colei as imagens à volta, ao telemóvel.
- as imagens ficaram, assim, com uma tira branca a toda a volta. Como a cor da boneca Frankie é azul, pintei com verniz azul as tiras à volta da imagem dela, e pintei de rosa as tiras da Draculaura (poderão reparar nisso na imagem abaixo)
- a seguir, pintei toda a capa do telemóvel com verniz transparente de brilhantes (passei também por cima das tiras, para ajudar a segurar ainda melhor).


E o resultado do meu TeleMonter está aqui:




Também pintei a parte da frente com o tal verniz de brilhantes (isso já tinha feito há uns tempos).


Alguma coisa que não tenham entendido da explicação, perguntem. Gostam do resultado? Podem fazer o mesmo com os vossos telemóveis, computadores, etc, sempre com cuidado com os materiais como verniz e cola para não estar em contacto com a parte interior dos aparelhos, senão correm o risco de estragar. De resto, é muito fácil.


Ah, antes que perguntem (já me perguntaram isto no facebook e twitter), as unhas são mesmo minhas, não são postiças :)

domingo, 3 de junho de 2012

Plataforma

Já usava calçado de plataforma em criança. Não era daquele ortopédico (que, por acaso, me fez alguma falta também), era calçado normal com plataforma. Acho que a minha ideia era imitar estas meninas (eu era a loira, já agora; de vez em quando também queria ser a das madeixas).

Passado não sei quantos anos (não nos vamos agora pôr com esses detalhes), a febre voltou. (entretanto apercebi-me que está a tornar-se uma espécie de moda, mas já sabemos como as coisas são, daqui por 15 dias ninguém se lembra de nada e volta tudo à normalidade; mas a julgar pelos olhares que algum do meu calçado gera, ninguém diria que é moda ou rotina).

E agora algumas das minhas preferências recaem sobre estes exemplares:



















(não verifiquei se esses em cima são todos sem pele, mas creio que sim. De qualquer forma, convém sempre ver nos sites oficiais e seguir as etiquetas, se quiserem saber qual é o símbolo da pele cliquem no sublinhado. )

De momento, as plataformas que se passeiam por esta casa fora (é uma maneira de dizer, porque cá dentro só entra pantufa, excepção apenas para convidados) são estas aqui:



(o laço fui eu que pus)

Mais alguém tem uma admiração especial por plataformas? Dos que seleccionei, têm preferências? *.*