sexta-feira, 20 de julho de 2012

Coisas que interessam ao mundo: Roupa

Recentemente fui ás compras com a Boneca de Trapos e a Lady Candlelight às compras (sim, daquelas coisas que demoram uma tarde) e surgiu a ideia de fazer um post sobre o tipo de coisas que costumamos vestir. Se não acham giro, o melhor é não continuar a ler. Se acham giro, aqui vai o que eu costumo vestir:


VESTIDOS E SAIAS
Eu raramente uso calças. Muito, muito raramente. A norma é andar de vestido ou saia, sempre com a mesma forma: vestido de boneca (justo em cima, largo em baixo) com rendas em baixo, saia de roda ou saia aos bicos. Claro que acompanho as saias com camisolas/tops/t-shirts, geralmente de uma só cor.


CALÇADO DE PLATAFORMA
Desde que me habituei à plataforma não quero outra coisa. Tenho nas botas, nas sapatilhas e nos sapatos de tacão. Também gosto de Mary Janes. No entanto, para situações de trabalho ou em que tenha de andar mais prática etc, tenho um par de sabrinas, um par de botas ditas normais, sapatos de tacão baixinho (uso sempre no teatro porque tenho de correr imenso nos bastidores para não me atrasar a entrar em palco) e all-stars.


COLLANTS
Geralmente uso pretos, mas tenho com riscas pretas e brancas, verde-escuro e rosa. Nunca ando sem collants (no teatro uso da cor da pele, evidentemente). Este ano achei que se calhar não é necessário passar o Verão ao sofrer de calor nas pernas e resolvi adquirir um par de leggins pretas abaixo do joelho. Ah, eu uso sempre meias por dois motivos: primeiro porque se a saia por acaso levantar, faço menos figuras e não se vêem as cuecas, segundo porque tenho as pernas mais brancas do mundo e ninguém precisa de saber.


CASACO COMPRIDO
No Inverno, claro. Tenho blusões curtos mas não uso, não gosto de ver. Tenho um casaco preto com bolas brancas e orelhinhas no carapuço que me faz parecer um peluche e um casaco preto abaixo da anca, simples.


ACESSÓRIOS
Dantes chamavam-me ocasionalmente «a menina do lacinho», especialmente quando não sabiam o meu nome, porque eu andava sempre com laços nas bandoletes. Ultimamente comecei a andar com o cabelo solto sem nada, mas tenho uma colecção de bandoletes, laços e afins. Agora comecei a dedicar-me aos anéis e colares (ultimo anel: redondo com pedra azul que eu achava que era roxa mas não faz mal; ultimo colar:um lolipop vermelho). Também costumo usar uma pulseira de picos relativamente pequena. E sempre muita maquilhagem.


O resultado é mais ou menos este:

    (esta é das mais recentes)


(esta tem 1 ano; evidentemente não uso batom preto na rua)


(esta também é recente, fiquei com cara de «tirem-me daqui», não façam caso)

(esta é a mais recente, é só por causa da maquilhagem)


E pronto, aqui ficou um post com interesse inegável que vai fazer a diferença no mundo.

Agora convido as duas meninas que foram comigo às compras a fazerem também um post idêntico, se quiserem,  e quem quiser copiar a ideia, esteja à vontade!

quinta-feira, 5 de julho de 2012

Criaturas imaginárias preferidas


Hello. Após a minha mente ter sido vítima de uma inexplicável falta de criatividade que me levou a não ter ideias para posts, a Victória sugeriu-me que fizesse um post sobre as minhas criaturas imaginárias preferidas. É ou não é uma ideia genial? Nunca me ía lembrar de tal coisa (eu estou a ser forçada a crescer e pensar como gente crescida e fazer coisas de gente crescida e NÃO QUERO).


Pronto, então aqui vem uma lista, devidamente acompanhada de imagens magnificamente belas que encontrei por essa internet fora, das minhas CRIATURAS IMAGINÁRIAS PREFERIDAS:

FANTASMAS

Escolhi uma imagem da noiva cadáver porque só me apareciam imagens de lençóis brancos com buracos nos olhos e não é isso que eu entendo por fantasma. E sim, adoro fantasmas mas tenho imenso medo deles. Acho mesmo que eles andam aí (isto soa a aviso) e que nos vêem e sabem as asneiras que fazemos e as boas acções e tal. E quando começa a chover depois de termos arranjado o cabelo ou quando deixamos as torradas queimar...eles conhecem o motivo. Eu já contei que tenho um fantasma em casa, certo? É um brincalhão. Avaria os electrodomésticos todos e até já pôs o rádio a tocar à meia-noite, dois dias seguidos. É um brincalhão, ele.

AFRODITE


A Afrodite é a deusa do amor. E pronto, é muito bonito amar-mo-nos uns aos outros e ter a paz, a alegria e essas coisas todas bonitas em nosso redor e, por isso, eu gosto relativamente da Afrodite. Mas não sou fã, não tenho fotos dela no quarto nem nada.

ELFOS


Os elfos são criaturas mágicas como as fadas, só que têm as orelhas bicudas. Têm poderes e gostam da Natureza e, por isso, eu gosto deles.

UNICÓRNIO


Eu não gosto de cavalos. Toda a gente gosta imenso de cavalos, eu por acaso até já fiz festinhas a um, mas não os acho lindíssimos nem nada disso. Gosto deles como gosto dos outros animais. Pronto, é capaz de ser mais agradável ver um cavalo à frente dos olhos do que um aranhão. Mas pronto, não adoro cavalos. No entanto, se for um unicórnio, aí sim, acho uma fofura. Porém, nunca vi um ao vivo, oh desgraça da minha alma.

BRUXAS


Eu devo ser a pessoa que se vestiu mais vezes de bruxa no Carnaval, não por ser mais fácil arranjar a roupa, mas por adorar bruxas. Adoro. E não são aquelas bruxas horrorosas, com verrugas e feias e más. São bruxas que são uma espécie de fadas góticas e não têm de ser más pessoas. Fazem só umas magiazinhas para tornar a vida (a delas, naturalmente) mais fácil. E têm bom coração. Fazem feitiços e poções e, por isso, são muito criativas. E extremamente inteligentes.

FADAS


Pronto, as fadas são uma espécie de elfos mas com orelhas normais. E têm asinhas e podem voar e eu tenho inveja delas (não, nem me falem em aviões).

VAMPIROS


Bom, na verdade, eu não gosto de vampiros. MAS, NO ENTANTO, PORÉM.... Se me aparece à frente aquele da imagem, que fique bem claro que eu AMO vampiros.
Ah, também gosto da Draculaura das Monster High, que é uma vampira vegetariana.

E vocês, de que criatura gostam mais?

Já agora, quem quiser deixar ideias para posts, esteja à vontade que eu agradeço.

<3